quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Review: Bixiga 70 - Bixiga 70


Por Gabriel Albuquerque

Formado por dez músicos do underground paulistano de grupos como Projeto Coisa Fina e Gafieira Nacional, o coletivo Bixiga 70 nasceu para celebrar o lendário músico nigeriano Fela Kuti e o seu afrobeat. No entanto, em seu disco de estréia, auto-intitulado, a banda vai além da reverência e une os tambores do continente africano à outros gêneros da música negra e à música brasileira.

As dez faixas de Bixiga 70, o disco, envolvem diversas e complexas camadas sonoras. A medula é de fato o afrobeat - representado em sua forma mais chacolejante -, mas o tempero de funk, jazz, música brasileira e dub atribuem ao disco um sabor próprio.

Mesmo que complexo e intricado, a audição do álbum não exige atenção tão detalhada. Assumidamente dançante; cheio de groove e ginga, é um convite quase que irrecusável à pista. Mas sem baixar o nível ou perder a coerência do instrumental. Os temas ainda são coesos e trabalhados compactados na medida certa, evitando desnecessárias e desgastantes (e até entediantes) viagens instrumentais, o que faz de Bixiga 70 um trabalho agradável até para aquele que não tem intimidade com a música instrumental.

Em faixas como ''Mancaleone'' e ''Luz Vermelha'', o coletivo preza pela construção de temas mais acessíveis e palatáveis, que certamente fazem sucesso ao vivo. Por outro lado, não abre mão de composições mais intricadas e trabalhadas, como ''Balboa Dub'' e a versão do obscuro músico Pedro Santos em ''Desengano da Vista''.

Você pode ouvir Bixiga 70 de duas maneiras: balançando nos ritmos incessantes dos tambores de ''Tema di Malaika'' e sopros de ''Balboa da Silva'' (uma homenagem ao boxeador brasileiro Nilson Garrido) ou prestando atenção nos detalhes das vastas instrumentações de ''Zambo Beat'', ''Desengano da Vista'' e as três versões dub que encerram o álbum. Seja lá como você ouvir, pode ter certeza que a satisfação e a alegria vão estar ao seu lado ao término do disco.



Bixiga 70 está disponível para download gratuito no site da banda.

Nota 8,5

Tracklist:

01. Grito de Paz
02. Luz Vermelha
03. Tema di Malaika
04. Mancaleone
05. Zambo Beat
06. Balboa da Silva
07. Desengano da Vista
08. Balboa Dub
09. Dub di Malaika
10. Dub Vermelho

2 comentários:

já vi essa banda. Muito bom!

O disco é bem legal mesmo. Estou pensando em comprar o disco em vinil, que está à venda por R$ 50,00. E essa capa no LP deve ser linda...

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More